ERP – Enterprise Resource Planning, erp sistemas, erp software, erp valinhos, erp campinas, erp são paulo, erp completo, erp barato, erp gratis.

500 mil dispositivos Android são ativados diariamente

Através do Twitter, Andy Rubin (@arubin), da Google, anunciou que o Google ativa 500 mil dispositivos, com Android, por dia. Leia mais

Empresas européias tem interesse no mercado brasileiro de TI

O interesse de empresas européias por aquisições no Brasil teve um aumento vertiginoso nos últimos anos e o setor mais aquecido para esse tipo de transação foi o de Tecnologia da Informação. Apenas no primeiro trimestre de 2011, já foram realizadas 167 fusões e aquisições – maior número já registrado para o período no Brasil – sendo 22 delas na área de TI, segundo a KPMG. Leia mais

Gerenciamento de TI é prioridade em 2011

O gerenciamento de TI aparece em primeiro lugar na lista de prioridades dos CIOs da América latina para 2011, revela estudo da empresa de pesquisas Gartner divulgada nesta terça-feira (5/4) em São Paulo. Na edição 2010 do estudo, a questão sequer aparecia.

Leia mais

Sistemas CRM – Os erros mais comuns no uso

Os departamentos de tecnologia cercam de cuidados seus sistemas contra ameaças internas e externas em relação ao acesso da informação, mas frequentemente negligenciam uma das aplicações-chave da corporação: o CRM.

Os maiores sinais de falta de cuidado vêm em algumas políticas de usuários, que podem ter sérias consequências se não forem observadas. Mas há alguns erros mais comuns, que também podem trazer os maiores problemas.

Um deles é usar a função do usuário, e não seu nome, na definição das credenciais para o login. O padrão normal de login para usuários de CRM é o nome ou endereço de e-mail. Mas pode ser tentador definir o login com a função da pessoa. Embora em alguns casos essa prática possa oferecer uma informação contextual relacionada à área de onde vem os acessos, a prática despersonaliza os usuários, o que pode prejudicar controles de adoção de usuário e do departamento de RH.

O segundo erro, ainda mais grave, é reciclar identidades ligadas às licenças. Isso costuma acontecer em razão da alta rotatividade nas posições da base da pirâmide dos profissionais de marketing. Em alguns casos, a média de permanência de um usuário de CRM na empresa é de pouco mais de um ano.

Quando se registra um usuário em um sistema de CRM como Salesforce.com, ele entra em um slot. Uma vez deletado, esse slot fica eternamente inválido e o nome de usuário sequer pode ser reaproveitado. O que pode gerar certa tentação da empresa para os novos usuários. E se a companhia cair na tentação, pode gerar problemas.

Isso acontece porque cada slot guarda um histórico, que não é renovado para o novo usuário. Nessa bagunça, alguma transação pode ser falsamente atribuída a uma pessoa, pois é difícil manter controle exato sobre as mudanças de funcionários ano após ano. E se TI tentar ajustar esses relatórios, gerará problemas na qualidade dos dados.

A melhor prática é nunca reciclar slots de usuários. Ainda que o funcionário retorne à companhia, ele provavelmente estará em uma posição completamente diferente e continua sendo aconselhável criar um novo slot.

O terceiro grande erro é compartilhar as licenças do CRM para integrá-lo com aplicativos na nuvem. Mesmo que o fornecedor permita isso, o melhor é evitar essa prática.

O grande problema com isso é a dificuldade da auditoria. Se várias ações são tomadas a partir de um único login, será muito difícil identificar erros de sistema. Sem contar que todas as ações do sistema estarão relacionadas a um único login, tornando complicado criar relatórios que separem ações humanas das automáticas.

Potencialmente pior são as cargas de trabalho sem coordenação. As de integração externa de sistemas operam de forma não sincronizada e podem exigir atualização de dados em alta velocidade. Ao manter integrações múltiplas sob a mesma licença pode causar disputa por recursos dentro do  sistema CRM, levando a alterações de performance e problemas de funcionamento difíceis de serem identificados.

Sistemas CRM – Software CRM – Gestão de Relacionamento Cliente

Obrigatoriedades Fiscais

No que depender do governo federal, o Brasil entrará em 2011 na era fiscal digital. O ano começa com novas exigências para ampliação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), estrada que está sendo construída no País para modernizar a forma de cumprimento das obrigações acessórias, substituindo toda a documentação fiscal em papel pelo formato eletrônico.

Com esse objetivo, foram estabelecidas novas obrigatoriedades. Na área de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), entra em vigor a segunda geração desse modelo, que promete maior integração com as outras bases de dados e vai cobrar das empresas uma melhor gestão das informações fiscais.

Leia mais

Japão dá lições sobre contingência

Os terremotos e tsunamis que atingiram parte da costa japonesa tiveram diversas consequências para a infraestrutura e para os cidadãos do país. As informações sobre esses incidentes só chegaram até alguns residentes por meio de aparelhos portáteis de Rádio FM, que funcionam a pilhas, já que muitas redes já estavam fora do ar antes que os efeitos chegassem a alguns locais.

Sem telefonia celular ou infraestrutura cabeada de voz e dados, os residentes de localizações mais remotas não têm maneiras de alcançar os parentes para um contato ou pedido de ajuda. Obter informações sobre outros terremotos, tsunamis ou danos em usinas nucleares se tornaram muito difíceis ou impossíveis de serem obtidos, de acordo com diversos relatórios.

Leia mais

Adaptação de empresas ao ponto eletrônico é adiada

Ministério do Trabalho anunciou no dia 28/02 por meio do Diário Oficial da União que adiou novamente o prazo para as empresas se adaptarem ao sistema de Registro Eletrônico de Ponto. Agora, as companhias têm até 1º de setembro para implementar o controle. A decisão não agradou algumas organizações do setor. Esse foi o caso da fabricante de relógio de ponto, Diponto.
O diretor da empresa, Adrinei Kaiser, lamentou a decisão, pois acredita que a medida é um risco de perda de credibilidade e pode gerar cancelamentos de pedidos. “Informamos aos clientes que o prazo seria 1º de março

Leia mais

Qual o Custo da TI em sua empresa?

Por anos, as áreas de TI lutaram com a definição exata dos custos individuais de serviços e aplicativos. Agora, com orçamentos apertados e demandas por corte de custos, os CIOs ajustam o foco em custos isolados.
Essa necessidade por definir os custos específicos deu origem a uma série de software para gestão financeira que auxilia CIOs a definir o real custo dos elementos da estrutura. A presença das soluções em nuvem, seja em armazenamento ou no fornecimento de software e/ou infraestrutura, ajuda a aumentar a pressão sobre a folha da TI.

Leia mais

ERP – Enterprise Resource Planning – História

No final da década de 50, quando os conceitos modernos de controle tecnológico e gestão corporativa tiveram seu início, a tecnologia vigente era baseada nos gigantescos mainframes que rodavam os primeiros sistemas de controle de estoques – atividade pioneira da interseção entre gestão e tecnologia. A automatização era cara, lenta – mas já demandava menos tempo que os processos manuais – e para poucos.

Leia mais