Governo da preferência para software nacional

Governo da preferência para software nacional, o assunto ainda está em estudos na Secretaria de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) – dentro de uma Política Nacional voltada para o setor de software – mas o secretário Virgílio Almeida já antecipou seus objetivos finais: O Software desenvolvido em solo brasileiro, tal como já vem ocorrendo na área de hardware, também poderá ganhar direito preferência nas compras governamentais.

Para tanto, o governo deverá estabelecer uma espécie de “certificado”, para que a solução seja considerada como tendo sido desenvolvida no Brasil. Os estudos vêm sendo feitos pelo CTI – Centro de Tecnologia Renato Archer, órgão vinculado ao ministério.

Vírgílio não explicou quais os critérios que serão adotados para que essa certificação acabe influindo nas compras governamentais em favor do software nacional. Segundo ele, o governo ainda está conversando com outros organismos federais para o estabelecimento dessa política e colhendo sugestões, inclusive, do mercado brasileiro.

O secretário de Política de Informática explicou que essa é apenas uma das medidas que vem sendo estudadas para alavancar o setor dentro do país, mas também para convencer as empresas estrangeiras a se estabelecerem no Brasil.