Novo mainframe IBM reforça versão Linux

Novo mainframe IBM reforça versão Linux. A IBM anunciou nesta quarta-feira, 24/07, o seu novo Mainframe zEnterprise BC12 (zBC12) para atender a necessidades apontadas por empresas de todo o mundo: integrar tecnologias emergentes, como Social Business, Cloud Computing, Mobilidade, Segurança e Analytics, em uma única plataforma.

De acordo com o estudo “Tech Trends 2012” recém-divulgado pela companhia, que entrevistou cerca de 1.200 empresas de TI de todo o mundo, inclusive do Brasil, as tecnologias de computação em nuvem, mobilidade, analytics e social business foram apontadas com prioridades estratégicas de negócios para diversos segmentos de mercado.

O zBC12 é voltado a empresas de diversos tamanhos e de diferentes segmentos, como finanças, governo e educação. O novo mainframe recebeu soluções, softwares e sistemas operacionais aprimorados que permitem que os usuários capitalizem sobre cargas de trabalho emergentes, como mobilidade e segurança, melhorando o desempenho e a rentabilidade das infraestruturas já existentes. Com isso, por exemplo, um banco pode oferecer novos serviços de mobilidade a seus clientes, uma seguradora pode identificar e evitar o pagamento de sinistros fraudulentos e agências governamentais podem interagir e servir melhor seus cidadãos ao disponibilizar aplicativos de serviços de utilidade pública na nuvem.

Segundo a IBM, o zBC12 possui um processador 36% mais rápido, com 4.2 GHz de velocidade, e o dobro de memória em relação ao seu antecessor, o z114. Além disso, um único zBC12 pode gerar uma economia aos usuários de até 55% em relação a ambientes distribuídos x86. Quando integrado ao aplicativo IBM DB2 Analytics Accelerator, o zBC12 pode executar cargas de trabalho de business analytics com tempos de resposta até nove vezes mais rápidos, com uma equação preço X desempenho 10 vezes melhor e um TCO (preço total de aquisição) 14% menor do que seu concorrente mais próximo1. Em ambientes de computação em nuvem, o zBC12 pode consolidar até 40 servidores virtuais por núcleo ou até 520 em uma única área de cobertura2.

A IBM oferece ainda uma nova versão baseada somente em Linux para o novo zBC12, o Enterprise Linux Server (ELS), para auxiliar empresas que estão expandindo rapidamente seus negócios, especialmente em mercados em desenvolvimento. O ELS inclui hardware, um hypervisor z/VM e três anos de manutenção. O sistema pode executar um portfólio de mais de 3.000 aplicativos Linux e os usuários podem ampliá-lo com duas novas soluções, o ELS para Analytics e o Cloud-Ready para Linux em System z, preparando estas organizações para a futura implementação de tecnologias de business analytics e computação em nuvem.

Fonte: Convergência Digital
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *