Mozilla lança Firefox Aurora em resposta ao Chrome Dev

Mozilla libera o primeiro canal preliminar do Firefox, Aurora. Atualizações constantes, com novidades surgindo primeiro nele, com o possível comprometimento da estabilidade

Não tinha como fugir disso: ante o ritmo alucinado de atualizações que o Chrome recebe, a concorrência teria que se virar para ou bolar algo mais dinâmico, ou copiar a estratégia da Google. A Mozilla adotou a segunda opção e, ontem, disponibilizou o canal Aurora para interessados.

Em comparação com o esquema do Chrome, o Firefox Aurora é o equivalente ao Chrome Dev, ou seja, é onde as inovações aparecerem primeiro, mesmo sem terem sido testadas corretamente. Além desse, a Mozilla mantém as Nightly Builds, atualizações diárias e ainda mais “cruas” que as do Aurora; o Beta, ainda indisponível e que será um meio termo entre o Aurora e a versão final, e essa, a própria, na terminologia da Mozilla chamada Final Release.
Além de acelerar o desenvolvimento, com essa mudança a Mozilla espera que mais pessoas atuem e ajudem a melhorar seu navegador. Para isso, o feedback dos corajosos usuários que decidirem encarar eventuais bugs em troca de novidades pontuais é imprescindível. Por essas e outras, essa variação do Firefox não é recomendável para ambientes de produção. Ela é destinada a desenvolvedores, curiosos e entusiastas.

Para instalar o Firefox Aurora em seu PC, basta ir à página dos canais e efetuar o download. Note que, ali mesmo, em breve o canal Beta será liberado. Há um formulário para cadastrar seu email e ser avisado assim que ele estiver disponível