Google empresa mais inovadora de todos os tempos

Google empresa mais inovadora de todos os tempos. Conheça as lições de Sergey Brin e Larry Page, os criadores da empresa mais inovadora de todos os tempos.

O que se tornou a marca mais poderosa do mundo, segundo a BrandZ, começou como um projeto de pesquisa de Larry Page e Sergey Brin, em 1996, quando ambos faziam doutorado na Universidade de Stanford, na Califórnia, EUA. No dia 4 de setembro de 1997, eles fundaram a startup cuja missão era “organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil”, remanescente até hoje.

De ferramenta de busca online, o Google passou a ser uma empresa multinacional de serviços online e software, considerada pela revista Fortune como o quarto melhor lugar do planeta para se trabalhar.

No livro “Google – lições de Sergey Brin e Larry Page, os criadores da empresa mais inovadora de todos os tempos”, a autora Janet Lowe descreve a trajetória dos garotos do Google e a história do site mais acessado do mundo, bem como os fundamentos que resultaram no sucesso da companhia.

Conforme destaca a autora, 10 princípios são apresentados pelo Google aos seus colaboradores, com o objetivo de que sirvam para nortear o trabalho deles na companhia. Para você que quer se inspirar, listamos abaixo esses mandamentos:

1. Concentre-se no usuário e todo o resto virá junto

O Google se esforça para colocar o usuário frente aos acionistas na hora de tomar decisões. Além do que, pensando em seu clientes, a organização mantem quatro preceitos: o posicionamento ou ranking em resultados de busca não são vendidos; a interface da página será sempre clara e simples; as páginas são carregadas instantaneamente; os anúncios devem ser relevantes à busca e não causar distração.

2. É melhor fazer uma coisa muito, muito bem

À medida que o Google evolui, ele passa a lançar produtos distantes do objetivo inicial do site. Porém, de acordo com a empresa, essas novas criações, como o Gmail e o Google Maps, fazem parte do esforço de sua equipe para facilitar e aprimorar a busca na internet.

3. Ser rápido é melhor que ser lento

“O Google pode ser a única empresa no mundo cujo objetivo claro é fazer os usuários saírem do site o mais rápido possível”. Isso porque seus funcionários acreditam em satisfação instantânea.

4. Democracia funciona na internet

Em seu site, o Google explica que, por confiar nos milhões de sites que existem, trabalha para determinar quais deles oferecem os conteúdos mais relevantes. Isso é conhecido como “sabedoria das multidões”.

5. Você não precisa estar em sua mesa de trabalho para ter uma resposta

Por este motivo a empresa se dedica à tecnologia, tornando a pesquisa na internet acessível em PDAs, smartphones e automóveis.

6. Você pode ganhar dinheiro sem precisar fazer maldade

Para o Google, nenhum ganho a curto prazo justificaria perder a confiança dos usuários que acreditam na objetividade da empresa, assim sendo, não é possível comprar um PageRank – posicionamento dos websites nos resultados de buscas. Ademais, anúncios pop-up, por atrapalharem a visibilidade do conteúdo solicitado, não são aceitos.

7. Sempre há mais informações por aí

Com a expansão do World Wide Web, é necessário e também desejável que o Google continue adicionando material em seu sistemas de buscas, por este motivo, ele é o site que indexa mais páginas do que qualquer outro serviço de buscas.

8. A necessidade de informação atravessa todas as fronteiras

“Mais da metade dos resultados de busca do Google são enviados para usuários fora dos Estados Unidos. Os resultados de busca estão disponíveis em, aproximadamente, 118 idiomas e o serviço de tradução do Google melhora continuamente”.

9. Você pode ser uma pessoa séria sem estar vestindo terno

Ninguém melhor para comprovar este fato do que Larry e Sergey. O presidente executivo e de produtos  e o presidente de tecnologia da empresa, respectivamente, são sempre vistos trajando jeans e calçando Crocs no ambiente corporativo. Inclusive o chefe do escritório de Paris veste calças Levi’s para trabalhar.

10. Ser ótimo não é bom o suficiente

Para o Google, o melhor não é o ponto de chegada, e sim o de partida. Desse modo, os colaboradores da empresa têm em mente que devem entregar mais do que o esperado.

Fonte: Administradores

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *