Microsoft troca de CEO traz prejuízo a Ballmer

Microsoft troca de CEO traz prejuízo a Ballmer. Com o CEO da Ford, Alan Mulally, fora de cena, as ações da empresa continuam em declínio, estimam analistas de Wall Street. Bill Gates também está tendo prejuízos.

O atual CEO da Microsoft, Steve Ballmer, viu US$ 1,1 bilhão “evaporar-se” do valor de ações que possui da empresa. O motivo é a repercussão no mercado financeiro sobre o processo de seleção do seu sucessor, que vem se arrastando e os investidores expressam desapontamento face à aparente opção por um candidato interno.

Desde 4 de dezembro, as ações da Microsoft caíram quase 9%, diminuindo o valor das participações de Ballmer em US $ 1,1 bilhão, chegando a US$ 11,8 bilhões ao meio-dia de ontem (09/01).

O presidente e cofundador Bill Gates, que possui um mais ações do que Ballmer, perdeu US$ 1,2 bilhão do valor da sua carteira de títulos. É esperado novos retrocessos nos próximos dias e semanas.

Na última quinta-feira, os analistas da MKM Partners Israel Hernandez e Tyler Radke previram que o preço das ações da Microsoft deverá cair para faixa dos US$ 30. A queda é reflexo da repercussão sobre o plano da empresa de selecionar o seu novo CEO entre atuais executivos da companhia.

A previsão de Hernandez é repetição do que aconteceu no início de dezembro, quando ele disse que o preço das ações da Microsoft caíria se Alan Mulally, CEO da Ford Motor, não foi selecionado pelo conselho da Microsoft para substituir Ballmer.

Mulally colocou-se fora da disputa na última terça-feira quando disse à Associated Press que queria “acabar com a especulação Microsoft porque eu não tenho outros planos para fazer outra coisa senão servir a Ford.”

Os investidores acreditavam que Mulally seria o candidato ideal pelo seu modelo de gestão. Ele cortou custos e vendeu divisões da montadora para virar a sorte da Ford. Assim, seria o mais provável CEO para livrar Microsoft de área menos lucrativas, como a operação de busca Bing e Xbox.

Fonte: Computerworld

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *