sistema-empresarial-erp

Vantagens e desvantagens da implantação do sistema ERP nas organizações modernas

Aspectos importantes a serem considerados no investimento em sistemas de gestão integrada ERP (fatores positivos e negativos)

Investir em um sistema de ERP (Enterprise Resources Planning) é algo complexo, e assim como outros investimentos a serem feitos por qualquer empresa demanda um planejamento eficiente e bem elaborado, tendo sempre como sustentação para esse planejamento fatores internos e externos diretamente ligados com o cotidiano da organização.

Contudo, é importante destacar que nas empresas existem aspectos favoráveis e desfavoráveis para a implantação do sistema ERP, dentre os favoráveis, são destacados aqueles que envolvem os negócios, a legislação e a tecnologia.

Relacionados aos negócios estão àqueles aspectos ligados a economia e a lucratividade do negócio, bem como a sua rentabilidade financeira, já os que estão de acordo com a legislação podemos destacar a adequação do sistema as leis e normas do país em que o mesmo está sendo implantado e finalmente temos os fatores ligados à tecnologia, principal aspecto do sistema ERP, estes se referem à perda da competitividade ocasionada pela obsolescência econômica das tecnologias em uso.

Já os aspectos desfavoráveis podem ser elencados de acordo com a dificuldade de implantar esse tipo de sistema, o seu alto custo, sendo que apenas empresas de grande porte teoricamente têm condições para implantar e manter o ERP, e também devido ao longo prazo necessário para a sua implantação, obrigando as empresas a ter que mudar muitas vezes até a sua cultura organizacional para se adaptar as novas exigências.

Dados colhidos em uma pesquisa realizada pela Andersen Consulting, junto aos CEOs (Chief Executive Officer), com 200 empresas que instalaram sistemas de gestão empresarial, mostrou que 67% das empresas conseguiram melhorar a exatidão e a disponibilidade da informação com o sistema de ERP, e que 61% também conseguiram uma melhora no processo de decisão dos seus gestores graças ao sistema, além de propiciar aos seus usuários uma significativa melhoria no controle das previsões futuras de possíveis problemas, que dificilmente seriam identificados sem auxílio dessa ferramenta.

Implementar um sistema de ERP, como vimos anteriormente, definitivamente não é fácil, é de extrema importância que a empresa avalie não só as decisões à serem tomadas até a implantação, mas como as decisões que iram ser tomadas em seguida, tendo que adequar seu pessoal e sua estrutura para que com isso ambos possam extrair o máximo possível deste sistema potencialmente vantajoso para a organização.