Posts

Gestão de Estoque

Gerenciamento de estoque. Agregando tecnologia

A globalização foi um marco no séc. XXI, trazendo facilidade na comunicação e na ligação entre continentes. Grandes inovações surgiram a partir daí, como a internet, valorização da própria logística, surgimento de novas tendências tecnológicas que foram necessárias para que a comunicação do mundo globalizado atendesse todas as plataformas.

 

Nesse momento a tecnologia se transformou em um grande aliado para que o mercado logístico tivesse vantagem competitiva e uma resposta mais rápida em todos os quesitos necessários para um gerenciamento de estoque adequado. Desde o aprimoramento da tecnologia , a respeito da produção de redes de internet, controle e transporte, tentando com isso colocar algumas formas e novas tendências, para um mercado que se torna mais importante aliada a um quesito cada vez inovador que é a tecnologia.

Leia mais

Automação de repasse público

Automação de repasse público. A partir desta segunda-feira, 30/7, todos os convênios, contratos de repasse e termos de parceria entre entidades e o poder público serão obrigatoriamente operados pelo módulo de Ordem Bancária de Transferências Voluntárias (OBTV). Leia mais

Antes de produzir, veja o que o cliente e o mercado querem

Antes de produzir, veja o que o cliente e o mercado querem

Costume antigo de produzir bens e serviços sem saber antes as necessidades do consumidor pode levar empresas ao fracasso
O ritmo alucinante da economia globalizada impõe certas mudanças às empresas, que precisam modificar seu foco e priorizar o cliente e o mercado onde estão inseridas, sob risco de ficarem para trás.

Como a oferta de produtos e serviços aos consumidores ficou muito grande, é recomendável que a empresa saiba antes as necessidades de seu público para depois gastar tempo, energia e dinheiro na produção.

As estratégias de produção migraram do ambiente interno para o externo e para o mercado.

Ou seja, o que antes acontecia de dentro para fora – as decisões eram tomadas dentro da empresa sem se prestar muita atenção ao que o mercado queria – passou a acontecer de fora para dentro. Isso significa produzir o que o mercado deseja e atender às necessidades dos clientes.

Uma empresa não pode ficar cega para essa realidade, sem perceber o que acontece ao redor. É preciso administrar com os olhos voltados para fora e ser uma empresa “global localizada”.

Global, porque acompanha com atenção tudo que acontece no mundo.

Localizada, porque, apesar de viver e acompanhar o cenário mundial, atua em locais determinados – cidade, região, país – e para um público específico.

Focar no mercado significa, então:

atuar de forma localizada, tendo porém uma visão globalizada;
e monitorar tudo o que acontece no mercado onde se está inserido:

-inovações tecnológicas;
-concorrentes;
-o que os clientes pensam dos serviços prestados;
-quais as necessidades ocultas dos clientes;
-que novos serviços podem ser prestados.

Autor: Flávia Alves de Brito Lacerda

Fonte: Gestão da Qualidade: Parcerias Eficazes