Mobilidade aumenta custo em TI

Mobilidade aumenta custo em TI. Um estudo independente sobre gerenciamento  de dispositivos móveis (MDM, da sigla em inglês) revela que, embora a penetração de smartphones siga em crescimento no ambiente de trabalho, a mobilidade também tem produzido aumento no custo anual trabalhista da TI.

O estudo, produzido pelo Osterman Research, aponta que o custo trabalhista de TI por profissional relacionado com MDM está em trajetória crescente, saindo de US$ 229 em 2011 para US$ 294 em 2012, com projeções apontando para US$ 339 em 2013.

A penetração de smartphones em organizações de médio e grande portes na América do Norte atingirá 50% até 2013, avalia Scott Gode, vice-presidente de gestão de produto e marketing na provedora de comunicação unificada Azaleos, que patrocinou o estudo.

A pesquisa aponta que 40% dos respondentes que adotaram plataformas de MDM utilizam BlackBerry Enterprise Server (BES). “Obviamente a plataforma não tem pernas para crescer, assim, as organizações precisarão migrar para algum outro sistema e isso trará custos associados com novas plataformas, hardwares e custos de treinamento da equipe de TI”, pontua Gode. “Pode ser ainda que traga a necessidade de novas contratações para gerenciar e monitorar a plataforma de MDM.”

Entre as organizações que ainda não implantaram uma plataforma de MDM, 32% dos participantes acreditam que o farão em 2013, enquanto 24% planejam a tarefa para 2014. A principal razão para o investimento está a preocupação com perda de dado e propriedade intelectual.

Ainda que as organizações referendem apenas uma plataforma, os custos de MDM devem aumentar, por conta do aumento de funcionalidades que os sistemas operacionais móveis trazem, comenta o executivo, e também das políticas que a TI precisará criar para gerenciar os dispositivos. Mas um quarto das organizações notou não possuir quantidade de smartphones suficiente para justificar o investimento em uma solução de MDM. Outros 21% dos participantes indicaram que as soluções de MDM são muito caras para implantar e o mesmo número informou que ainda não vê valor suficiente nessas plataformas para justificar o preço praticado no mercado.

Os participantes do estudo disseram que os maiores desafios em MDM são setup e implantação de dispositivos móveis e treinamento de usuários, sobretudo, em passar o conhecimento de como configurar os devices e resolver problemas. Tarefas associadas como segurança também foram lembradas.

Conduzido em fevereiro deste ano, o estudo ouviu 117 empresas que tinham, em média, sete mil funcionários, e gerenciavam acima de cinco mil smartphones.